Atividade de português - 2º ano do ensino médio - sinestesia (figura de linguagem)


Leia o texto para responder às questões.

Surgiam de vez em quando rajadas de vento, brisas do mar que, rolando num ímpeto sobre o planalto da região de Caux,* levavam até os campos distantes uma espécie de salgado frescor. Os juncos sibilavam rente ao chão, e as folhas das faias rumorejavam num rápido frêmito, ao passo que os cimos, ondulando sempre, continuavam o seu grande murmúrio. Ema aconchegava o xale aos ombros e levantava-se.
Na avenida, um reflexo esverdeado da folhagem alumiava o gramado (...) o céu enrubescido surgia por entre os ramos das árvores (...)

(Gustave Flaubert, Madame Bovary)

* pronúncia:

A sinestesia é uma figura de palavra que consiste na fusão de sensações diferentes numa mesma expressão. Assinale abaixo a opção em que essa fusão se faz claramente presente:
a) “os juncos sibilavam rente ao chão”.
b) “uma espécie de salgado frescor”.
c) “um reflexo esverdeado da folhagem”.
d) “as folhas das faias rumorejavam”.
e) “o céu enrubescido surgia”.

O texto é predominantemente
a) expositivo, pois informa as características da paisagem local.
b) argumentativo, pois interpreta os fenômenos da natureza na região de Caux.
c) descritivo, pois representa uma paisagem, enfatizando seus aspectos visuais e auditivos.
d) narrativo, porque relata fatos de que participa a personagem Ema.
e) conceitual, porque é marcado por linguagem denotativa e referencial.

Gabarito

1. Em “salgado frescor” verifica-se a fusão das sensações gustativa (“salgado”) e tátil (“frescor”). Resposta: B

2. Trata-se de uma descrição dinâmica da paisagem, na qual se destaca o que se vê e o que se ouve, embora também haja referência a outros sentidos além da visão e da audição, como se viu na resposta ao teste anterior. Resposta: C