Redação Enem - Dicas e técnicas para escrever


  • Adquira o costume de pesquisar e analisar redações nota 1000 de ENEMs passados.
  • Ao iniciar uma redação, antes de mais nada, adquira o costume de pensar sobre o tema e quais suas ideias iniciais sobre ele (sem pesquisar nada).
  • Aprenda a usar os conectivos (ou operadores argumentativos) para dar coesão para seu texto.
  • Ao usar argumentos de autoridade, cuidado para não tornar seu texto demasiadamente descritivo (contrário de argumentativo).
  • Escreva de maneira impessoal: em redação isso significa usar verbos em terceira pessoa do singular ou primeira do plural e ainda indeterminar o sujeito.
  • Não tente usar palavras difíceis só por usar. O texto deve ser claro e usar vocabulário formal, mas nada de exageros.
  • Gaste menos tempo com conteúdos que tentam adivinhar o tema da redação desse ano e mais tempo aumentando seu conhecimento de mundo.
  • Na sua proposta de intervenção, lembre-se sempre de citar os MEIOS de como chegar à solução que você propõe.
  • Toda introdução deve ter sua tese - seu posicionamento sobre o tema, que pode ser relativizado através de considerações a favor e contra.
  • Busque equilibrar o número de linhas entre os parágrafos: nenhum pode ser muito maior ou muito menor que o outro.
  • Não repita palavras, especialmente se muito próximas. Busque sinônimos ou expressões que possam retomar o elemento a que você está se referindo.
  • Nunca escreva um parágrafo inteiro que contenha apenas uma frase.
  • O título da redação do ENEM não é obrigatório, mas se quiser escrever siga a estrutura "Reafirmação do tema: frase opinativa"
  • Sim, é possível criar um argumento contra e outro a favor, mostrando "os dois lados da moeda".
  • Aprenda a estrutura correta do parágrafo, com tópico frasal, desenvolvimento e conclusão.
  • Procure escrever frases mais curtas - isso deixa seu texto mais claro --, mas não esqueça dos conectivos.
  • Na proposta de intervenção, pense em como cada ator social pode atuar sobre o problema: governo, família, sociedade, escola, ONG's, iniciativa privada, indivíduo.
  • Utilize, sempre que possível, exemplos concretos em seus argumentos.
  • A primeira coisa que você deve fazer na introdução é uma contextualização do problema - seja através de uma relação histórica, seja através de uma curta explanação de causa e consequência que levou a ele.
  • Muito cuidado com expressões coloquiais (aquelas que são aceitas sem problemas na fala, porém incorretas na escrita) - elas simplesmente não podem aparecer no seu texto.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...