Interpretação artigo de opinião 9ºano com gabarito (fragmento) Drauzio Varella

Leia este fragmento de um artigo de opinião escrito pelo médico paulistano Drauzio Varella.

Desperdício nababesco
É nababesco o desperdício de exames no Brasil. No consultório, canso de ouvir a frase: “Doutor, já que vou colher sangue, pede todos os exames, tenho plano de saúde”. Nos atendimentos na Penitenciária Feminina de São Paulo, a mesma solicitação, com a justificativa: “Tenho direito, é o SUS que paga”.
Fico impressionado com o número de exames inúteis que os pacientes trazem nas consultas. Chegam com sacolas abarrotadas de radiografias, tomografias computadorizadas, ressonâncias magnéticas e uma infinidade de provas laboratoriais que pouco ou nada contribuíram para ajudá-los.
Num dos grandes laboratórios da cidade, mais de 90% dos resultados caem dentro da faixa de normalidade. Numa das operadoras da Saúde Suplementar, pelo menos um terço das imagens realizadas junta pó nas prateleiras, sem que ninguém se dê ao trabalho de retirá-las.
São múltiplas as causas dessas distorções.
Nas consultas-relâmpago em ambulatórios do serviço público e dos convênios, os médicos se defendem pedindo exames, que poderiam ser evitados caso dispusessem de mais tempo para ouvir as queixas, o histórico da doença e examinar os pacientes.
Para solicitar ultrassom ou tomografia para alguém que se queixa de dores abdominais, basta preencher o pedido. Dá menos trabalho do que avaliar as características e a intensidade da dor, os fatores de melhora e piora, e palpar o abdômen com atenção.

Glossário
Nababesco:
extremamente custoso, ostentoso.

Drauzio Varella. Desperdício nababesco.
Disponível em:
<https://drauziovarella.uol.com.br/drauzio/artigos/desperdicio-nababesco/>

Responda:

a) Explique, com suas palavras, a tese do texto.

b) Qual é a contribuição da palavra nababesco para a força dessa tese?

c) Por que as frases ouvidas dos pacientes podem ser consideradas argumentos nesse contexto?

d) Explique a estratégia usada no terceiro parágrafo para confirmar a validade da tese.

e) Para desenvolver a argumentação, o produtor do texto, no último parágrafo transcrito, cria uma relação de causa e consequência. Escreva um período para explicitar essa relação e articule suas partes com o conector uma vez que.

Gabarito:

a) O articulista defende a ideia de que grande parte dos exames realizados no Brasil é desnecessária.

b) Como nababesco indica algo extremamente custoso, reforça a dimensão do desperdício e, com isso, enfatiza a crítica.

c) As frases provam que os pacientes exigem exames apenas porque têm direito a eles, evidenciando a falta de utilidade de muitos desses exames.

d) O autor cita dados numéricos que confirmam a tese.

e) Resposta pessoal. Sugestão: Os médicos pedem muitos exames, uma vez que não têm tempo ou interesse em analisar o paciente para fazer um diagnóstico.

Peça aos alunos que mencionem outros conectores com valor semântico equivalente. Depois, sugira que empreguem “logo” e veja se fizeram a alteração na ordem das orações, respeitando o valor conclusivo dessa conjunção.