Produção de texto 6ºano - Atividade - Poema (PDF) Varal de poemas e sarau

PROPOSTA DE ATIVIDADE EM PDF PARA BAIXAR E SALVAR

EM DUPLA. Leiam a letra da canção “Quero”, de Thomas Roth.

Quero ver o sol atrás do muro
Quero um refúgio que seja seguro
Uma nuvem branca sem pó, nem fumaça
Quero um mundo feito sem porta ou vidraça
Quero uma estrada que leve à verdade
Quero a floresta em lugar da cidade
Uma estrela pura de ar respirável
Quero um lago limpo de água potável

Quero voar de mãos dadas com você
Ganhar o espaço em bolhas de sabão
escorregar pelas cachoeiras
pintar o mundo de arco-íris

Quero rodar nas asas do girassol
Fazer cristais com gotas de orvalho
Cobrir de flores campos de aço
Beijar de leve a face da lua

Thomas Roth. Quero. MPBNET.
Disponível em:
<www.mpbnet.com.br/musicos/simone.guimaraes/letras/quero.htm>. 

Uma das formas de predispor e facilitar a atividade de produção do texto poético é investir na atividade de sensibilização dos alunos. 

Sugere-se que a leitura dos versos utilizados para esse fim seja feita com muita expressividade. Uma possibilidade é promover uma leitura jogralizada das estrofes, enfatizando a palavra quero do início de cada estrofe, com a participação de todos os alunos na leitura.

Planejamento

1. Com as palavras o compositor criou imagens. Procure imaginar o que ele  quis dizer com expressões como: “nuvem branca sem pó, nem fumaça”, “asas do girassol”, “campos de aço”, “beijar de leve a face da lua”, etc.
Qual terá sido a intenção nesses versos: apenas divertir e entreter, sensibilizar e emocionar, brincar com palavras e sons?

2. O poema que vocês vão escrever deve começar com Quero....

3. Façam uma pequena lista do que vocês vão colocar para completar a ideia de Quero....

4. O que vocês querem para vocês ou para o mundo em que vivem? Esse será o assunto de seu poema.

Podem ser coisas que vocês desejam muito ter, podem ser seus sonhos, coisas que existem apenas na imaginação – como nas histórias fantásticas, objetos e seres de um mundo maluco, ideias para um mundo melhor, etc.

5. Conversem sobre a intenção de vocês: brincar com palavras; desenhar imagens com as palavras, como nos poemas visuais que vocês viram; emocionar quem ler o poema; fazer rir e divertir; ou qualquer outra intenção.

6. Para quem vocês querem escrever: apenas para os colegas ou para outras pessoas, de várias idades?

Durante o planejamento da produção de texto, os alunos deverão ser incentivados a pensar sobre qual será a intenção e a finalidade do texto que produzirão e para quem pretendem escrevê-lo. Se necessário, ajudá-los com essas definições, mas permitir que tomem suas decisões a partir de seus interesses pessoais e intenções comunicativas.
(Referência: BNCC – EF15LP05)

Escrita

1. O desafio: Como escrever? Façam os arranjos para expressar de forma bem diferente e criativa o que vocês colocaram na lista.

Lembrem-se de que no poema pode haver: versos, estrofes, rimas, ritmo, combinação de palavras de forma criativa, entre outros recursos.

2. Não se esqueçam de que podem empregar bastante a linguagem figurada.

Verificar se os alunos conseguem utilizar a linguagem figurada na produção de seus poemas. Se achar pertinente, oferecer outros exemplos de textos poéticos para que se inspirem com relação a forma e conteúdo.
(Referência: BNCC – EF15LP05)

Revisão e reescrita

1. Releiam o que escreveram.

2. Vejam se as ideias ficaram claras, se vocês colocaram tudo o que queriam e se acham que o poema atende à intenção que vocês tiveram.

Nesta etapa é sempre importante incentivar os alunos a reler e revisar o texto produzido para corrigi-lo e aprimorá-lo, fazendo cortes, acréscimos, reformulações, correções de ortografia e pontuação. 
(Referência: BNCC – EF15LP06)

Apresentação: Varal de poemas e sarau

1. Escrevam e ilustrem o poema em uma folha de papel sulfite.

2. Pendurem os textos em um varal e façam um sarau de leitura do que vocês produziram.

3. Se quiserem, chamem outras pessoas para assistir ao sarau.

4. Para o sarau, treinem:

• a entonação, a altura da voz e a pronúncia das palavras;

• a forma de se expressar (inclusive com gestos).

5. Ouçam a apresentação dos colegas sempre com atenção e respeito.

Após a finalização da escrita e da revisão, é necessário que os alunos editem a versão final do texto, ilustrando-o em suporte adequado.
(Referência: EF15LP07) 

Para o momento do sarau, incentivá-los a expressar-se com clareza, preocupando-se em ser compreendidos pelos interlocutores e com tom de voz audível, boa articulação e ritmo adequado. Além disso, é importante que se expressem corporalmente de acordo com os sentidos do texto produzido. (Referências: BNCC – EF15LP09 e EF15LP12)